Bagagem 1 – Aquisições e equipamentos de viagem por Regina Machado

Capítulo III do livroAcordais: fundamentos teórico-poéticos da arte de contar histórias, de Regina Machado.
São Paulo: Editora Difusão Cultura do Livro, 2004

Joana Xaviel é uma mulher comum. Quando começa a contar uma história, ela se transfigura. Acontece, às vezes, depois de uma apresentação de contos, alguém da assistência se aproxima de mim, dizendo:

– Nem parecia você. Era outra pessoa que estava ali.
– Havia uma luz diferente envolvendo você, um brilho, até sua voz mudou.

Que qualidade é essa que se apresenta na pessoa do contador de histórias que às vezes o público percebe e tenta definir com as palavras que consegue encontrar, não sem dificuldade, por se tratar de experiência sensível, impalpável?

A Sherazade, personagem do livro de Pauline Alphen, desencadeia um efeito especial nos que a escutam, a ponto de as pessoas “perceberam a diferença entre o que são e o que pensam que são”.

Para continuar a ler, faça o download do texto completo aqui.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: